Quem sou eu?

Sonia BRUCE   –   Auto-Retrato

Snapshot_21

Aqui, demonstrando acupressão

Fevereiro, 2019. Viajando com Qigong … pelas últimas 3 décadas agora.

Originado nas montanhas da antiga China, Qigong significa “Cultivar a Energia Vital“.

As posturas estão associadas a movimentos lentos, suaves e profundos que liberam, fortalecem e conectam o corpo e a mente.

 

Tudo começou quando um pequeno livro literalmente caiu da estante da livraria no momento em que eu estava passando … ahaha … “Auto-Massagens do Qi” como também exercícios de Respiração eram apresentaados de uma forma muito simples para o iniciante.


O que eu li alí, fez muito sentido para mim. Então comecei a experimentar e praticar. Ainda não sabia que a prática de Qigong incluía muitos estilos e formas diferentes de movimentos e posturas. Muito menos que também era uma «técnica» de cura.
Naquela altura, eu estava recentemente descobrindo o Hatha-Yoga, com que fiz os meus primeiros passos no mundo das práticas energéticas. As alternativas à perspectiva da ciência e da cultura ocidental sobre a Vida tornaram-se um dos principais focos de interesse para mim.

Assim, ao longo dos anos, treinei, estudei e trabalhei no campo da Medicina Chinesa, Shiatsu, Yoga e Qigong.

Então, o que é Qigong? E mais precisamente o que é para mim?
Lidar com o Qi é lidar com a Inteligência da Vida. Cultivar a energia vital, o Qi, supõe, como se poderia esperar, muita prática, repetição e dedicação ao longo dos anos antes de dominar qualquer coisa.
Essa jornada sem fim me ofereceu até hoje, incontáveis ​​descobertas, realizações e possibilidades internas.
Ela nutre e apóia minha sede de aprendizado, compreensão e conhecimento.
Isso gradualmente me permite satisfazer meu profundo desejo de paz e equilíbrio.

Trabalhar para a instituição ou para o sistema depois de completar um currículo de Ciências na Universidade, não me atraiu de forma alguma. Mas visitar o mundo e conhecer pessoas de diferentes culturas fazia! E aí … os anos de viagem.

Desde o final dos anos 80, o Qigong tem estado presente e recompensador ao nível estritamente pessoal – recuperar uma condição física melhor, algum tipo de calma emocional, enriquecer minha visão da Vida. Mais tarde, fiquei ainda mais envolvida com isso enquanto trabalhava como terapeuta de Shiatsu.


Durante todos esses anos, o Qigong se mostrou essencial, especialmente em tempos de grandes mudanças ou transições na vida. Por exemplo :
– desde o início, quando a prioridade n ° 1 era “avançar para um modo de vida mais saudável”
– muito mais tarde, passando pelos anos da menopausa
– e mais recentemente, no contexto da crise sistêmica mundial que leva a humanidade para mais uma forma de “transição”, esta, certamente global.

Neste momento, reflito freqüentemente  sobre a crescente possibilidade do próximo Colapso da Vida na Terra. Acredito que mesmo numa situação tão drástica e alarmante, sempre será mais sábio demostrar amor e consciência. Então …  em frente com a prática …


No início de 2018, recebi uma Sessão de Reconexão aqui no Algarve. Reconexão é “reconectar-nos ao campo da Vida Quântica e à natureza Quântica do nosso verdadeiro Ser”. Cf. Eric Pearl.
Prática de Qigong? Sim, novamente, para entrar neste novo capítulo da jornada.
No final de 2018, comecei a estudar o Reconnective Healing, que por sua vez está renovando minha experiência com o Qigong. De acordo com o meu entendimento, realizo que a profundeza da tradição e da sabedoria ancestrais do Qigong, já continham e conheciam os princípios apresentados no Reconnective Healing moderno. 

Bem-vindo a todos/as que se sentem inspirado/as e disposto/as a explorar comigo.

Vários professores e estilos de Qigong que inspiram minha prática diária


– Mestre Lam Kam Chuen: 8 peças de brocados Qi Gong & Zhan Zhuang Qigong
– Mestre Zhang Guang De: 5 temporadas Dao Yin Yang Sheng Gong & Saúde Geral Dao Yin Bao Jian Gong
– Mestre Liu Ya Fei: Qi Gong Feminino Yi Nian DaoYin Fa Gong para pescoço
– Mestre Ke Wen: 20 movimentos essenciais, Bases e Filosofia do Qi Gong
– alguns exercícios de Nei Yang Gong Chu Ji Dong Gong como forma de aquecer

Também estudei os seguintes estilos durante 1 ou 2 anos, mas não fiquei com eles:
– Zhineng Qi Gong
– 5 animais Qi Gong
– Hui Chun Gong – longevidade Qi Gong
– Eu Jin Jing – Qi Gong para músculos e tendões saúde

Os dois livros com que tudo começou:
Qi auto-massagem, caminho taoísta de rejuvenescimento – Mantak Chia
Hatha Yoga para mulheres – infelizmente eu esqueci o nome do autor.

Que tal com a meditação?
Faz parte do meu dia a dia, de acordo com meus sentimentos, necessidades e condições.
Grandes professores me apresentaram diferentes estilos de meditação
– enquanto estuda Hatha-Yoga, Zen-Shiatsu, Acupuntura e Qi Gong
– ou durante retiros de Bouddhist com a comunidade francesa de Thich Nhat Hanh, em Plum Village.

Com base em seus ensinamentos, agora gosto de seguir meu próprio ritmo. Segundo a minha experiência, “a prática é o mestre”.

Principalmente mantenho vivas as meditações vindo do Qi Gong ou do taoïsmo, que me permitem renovar e aprofundar a exploração interior sem nunca entrar em qualquer tipo de rotina sonolenta.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ir mais longe, ir mais a fundo para o desconhecido, nunca parar de aprender e explorar : este impulso sempre foi forte em mim, desde jovem.

Apaixonada pelo que eu faço? Absolutamente!

Entusiasmada com a partilha de experiências e o crescer com os outros? Certamente!

Os estudos de Bioqímica têm reforçado a minha curiosidade natural e o meu desejo de compreender o mundo. Mas rapidamente se tournou claro para mim que não estava cumprindo o suficiente para o meu espírito nem o meu coração. Então o que ? Vamos viajar pelo mundo ! E lá fui para a América do Sul antes de terminar na América do Norte.

Passei alguns anos sem saber realmente o que eu estava procurando, mas ao mesmo tempo desfrutei da vasta diversidade dos contextos culturais em que me inseri : Afro-Brasileiro, Quechua, Afro-Cubano, Nativo-Americano, estão entre as principais influências que moldaram a minha vida na altura, tornando-me mais consciente da energia presente no núcleo de tudo o que existe: conectando com a natureza, sonhando, dançando, amando…

A Medicina e Filosofia chinês entraram finalmente na minha vida em Califórnia. Que revelação !

Estas deram uma poderosa nova direção para o meu caminho. Isso foi há 30 anos e aqui estou hoje, uma senhora francesa no Algarve, ainda ocupada com práticas relacionadas com o corpo, espírito e consciência: comecei com o Hatha-Yoga. Em seguida Qi Gong, Acupuntura, Zen-Shiatsu, Meditação Zen e Taoista e estes tornaram-se os principais instrumentos para a minha exploração. Por fim deixei de praticar Zen-Shiatsu como profissional, para me conceder uma pausa e repensar as coisas antes de ir adiante.

Agora vivo muito feliz no Algarve e em apenas uns poucos meses, já me sinto surpreendentemente “em casa”. Gente bonita e oportunidades positivas vão-se apresentado e percebo que me misturo muito facilmente neste contexto cultural que, por último mas não por isso menos importante, me oferece possibilidades de prolongar e renovar a minha prática profissional : sinto-me tão grata por ter tanta sorte!

Curriculum Vitae

No final dos anos 80, eu sentia que a vida era muito complicada… lol…

De repente, 2 livros vieram na minha direção sem aviso:

  • Qi Self Massage, por Mantak Chia
  • Hatha Yoga para mulheres por… desculpem, mas esqueci o nome do autor.

Depressa seguiram-se 3 outros livros:

  • Transforme o Stress em Vitalidade, Mantak Chia
  • Chakras, Rodas da Vida, Judith Anode
  • Acu-Yoga, Michael Reed Gach

A revelação foi enorme e continuei a praticar e a explorar todo este novo mundo durante um par de anos, até que conheci o meu primeiro professor de Ioga que me treinou durante 3 anos antes de eu mesmo começar a dar aulas.

Ao mesmo tempo, estava de regresso à escola para estudar Zen-Shiatsu e Acupuntura/Tai Ji/Qi Gong e Massagem Tui Ná em 2 escolas diferentes de Paris durante 5 anos.

diplomMTC-page-001 diplomShiatsu-page-001

O Shiatsu permaneceu como a minha atividade profissional durante cerca de 20 anos.

Neste período consegui tambem obter o grau de Formadora para Adultos após 1 ano muito belo e  intenso na Universidade de Paris – 8 St Denis.

Ao mesmo tempo, de uma forma continua e autônoma, ensinei-me Fitoterapia, Aromaterapia, Reflexologia, Acupressão e vários outros estilos de Massagens.

Agora, pratico ainda regularmente vários estilos de Qi Cong e Meditação provindos de vários professores-mestres :

  • Ke Wen 20 movimentos essenciais,  Bases e Filosofia do Qi Gong
  • Zhang Guang De : 5 Estações Dao Yin Yang Sheng Gong, e Saúde Geral Dao Yin Bao Jian Gong
  • Liu Ya Fei : Qi Gong para mulheres e Yi Nian Dao Yin Fa Gong para pescoço e cervicais
  • e alguns exercícios de Nei Yang Gong Chu Ji Dong Gong para preparar a prática de Qi Gong

Eu não continuei mais de 1 o 2 anos com cada um dos seguintes estilos, nos quais também fui treinada:

  • Zhineng Qi Gong
  • Qi Gong dos 8 Pedaços de Brocados
  • Qi Gong dos 5 Animais
  • Hui Chun Gong, Qi Gong pela longevidade
  • I Jin Jing, Qi Gong pela saúde dos músculos e tendões

E a Meditação?

Sentada de pernas cruzadas ou numa cadeira, parada em pé o andando…

Vários estilos estão ainda integrados na minha prática diária, de acordo com as minhas sensações, desejos e condição. Uns grandes professores apresentaram-me diferentes estilos de Meditação ao estudar Hatha-Yoga, Zen-Shiatsu, Acupunctura e Qi Gong o ao longo dos retiros passados no centro budista do líder espiritual global Thich Nhat Hanh em Plum Village na França.

Agora, fico principalmente para algunas formas de Meditaçoes do Qi Gong o do Taoísmo, que me permitem aprofundar a viagem interior sem nunca entrar em qualquer tipo de rotina preguiçosa.

Além dos estilos acima mencionados, participo ocasionalmente num workshop para refrescar ou integrar algumas novas perspectivas. Isto foi o caso no início 2016, no curso “online” organizado por Ricardo Gonçalves do Movimento Vida Desperta.

Mas principalmente gosto de ficar andando e mudando ao meu proprio ritmo. A prática é o Mestre. Eu acredito e confio completamente nisso. O Universo inteiro, todo o conhecimento e sabedoria humana estão depositados dentro de cada ser humano. Cabe a nós tentar e conseguir deixar-nos ser ensinados.

Comentários ou perguntas são benvindos.

* indicates required field